Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

RECADO DE AMOR MALDITO

Não me telefones.

Não quero.

Ouviste!

Não Quero!!!

Pedi-te tantas vezes, para não o fazeres.

Mas insistes. Sabes que me fazes mal, mas insistes, porra!!!.

Apenas pelo gozo que te dá, ouvir a minha voz trémula,

sentir o meu sangue, qual cascata desenfreada, pelos fios pretos do telefone

de encontro ao teu ouvido ávido desse som,

ávido de sons que não consigo evitar,

correntes, aguilhões  de ferro que me prendem a ti

e sentes-me o pulso, na correnteza das minhas palavras balbuciadas

sim…estou bem

e ouves

sim…estou mal

insistes em marcar com ferro em brasa as tuas iniciais, no meu tímpano, no meu corpo, na minha alma

iniciais de um nome que não ouso sequer pronunciar

qual som maldito

que me arrasta, turbilhão de memórias,

noites de amor louco, suado, brusco, violento

paixão acesa, vulcão em erupção, lavas incandescentes

que me escorriam pelo corpo,

tuas e minhas

fluidos de amor lambidos, sugados, bebidos, tragados, devorados

boca ávida, de ti, de mim,

paixão ávida, de ti, de mim,

 

Não me telefones, porra!!!

 

Deixa-me de vez

Amarfanhar-te a um canto, ignorado, esquecido, desprezado, odiado, amado.

 

Vem. Meu amor.

Vem para mim e por mim.

 

Mas não me telefones mais.

Porra!!!

publicado por Gabriela às 15:00
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Pati Smith a 24 de Novembro de 2008 às 17:45
Estou completamente apaixonada pelo teu BLOG!!!
Quero mais! Obrigado.
Pati

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. Caracas - Venezuela

. Amsterdan

. Canal do Panamá ...

. La Paz - Bolívia

. Bogotá ...

. ...

. RIP

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ....

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. R.I.P.

. ...

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Junho 2016

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favoritos

. UM TEMPO QUE NÃO PÁRA...

. ...

. PARA NÓS....

. PARA MIM...PARA MIM...E S...

. PORQUÊ?

. VOLTEI À PRAIA

. VEM...

. ESCUTA-ME

. METAMOFORSE

. SOU TEMPESTADE

.links

.Google

blogs SAPO