Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

IN MEMORIAM

AS PERDAS

Recordo a primeira. Nasceu no dia em que começa a Primavera e chamava-se Glória.

Fecho os olhos e...a imagem dela invade-me. Aquele corpo magro, ágil e elegante. Andar de garça, olhos de gata... verdes e, em contraste, doces e serenos. As mãos que me afagavam, a sua presença protectora, a partilha na imaginação das brincadeiras de criança..."não estejas à pesca sem pôr o chapéu..." e, era ela que, de noite, me mudava o pijama alagado, me esfregava o peito com cataplasmas mágicas e ao pescoço me atava um lenço, com algodão embebido em álcool.

O medo de a perder era patológico...mas perdi-a. Vem-me à ideia um corpo hirto, frio e de uma cor estranha. Era ela, mas eu não achava que fosse. Afaguei-lhe a face convencida que ela me iria olhar e sorrir como só ela o sabia fazer.

Não o fez...foi a primeira vez que me ignorou!

E eu tomei consciência, nesse momento, que a tinha perdido...para sempre.

Não, para sempre não. Ela ainda vive dentro de mim, nas minhas memórias ela habita e comigo convive. Mas, já não a tenho. Perdi-a.

Aqui há tempo, não há muito, reencontrei o seu cheiro. Alguém passou por mim e eu inalei o aroma. Era o odor do pó de arroz que ela todas as manhãs colocava com uma esponjinha cor-de-rosa. Desde então, eu cheiro a ela e o cheiro dela está permanentemente comigo.

Faz-me tanta falta.

Não há um único dia que passe que eu não sinta uma enorme e dolorosa saudade.

 

publicado por Gabriela às 11:53
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. Caracas - Venezuela

. Amsterdan

. Canal do Panamá ...

. La Paz - Bolívia

. Bogotá ...

. ...

. RIP

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ....

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. R.I.P.

. ...

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Junho 2016

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favoritos

. UM TEMPO QUE NÃO PÁRA...

. ...

. PARA NÓS....

. PARA MIM...PARA MIM...E S...

. PORQUÊ?

. VOLTEI À PRAIA

. VEM...

. ESCUTA-ME

. METAMOFORSE

. SOU TEMPESTADE

.links

blogs SAPO