Quarta-feira, 11 de Abril de 2007

RUPTURA

Que maçada…

Ainda hoje, não tenho explicação para o que aconteceu.

Éramos felizes os dois. Levantávamo-nos à mesma hora, tomávamos banho à vez, bebíamos uma chávena de café, dizíamos “até logo” e à saída do prédio já velho onde morávamos, tu viravas à direita para apanhar o eléctrico, e eu descia a calçada à esquerda.

Eu chegava a casa mais tarde. O chefe de repartição fica sempre até tarde no escritório, e eu tenho de ser sempre a última a sair.

Quando chegava a casa, já tu tinhas o pijama vestido e, sentado na tua cova do sofá, forrado com os naperons que eu fazia em crochet (agora gosto mais do ponto cruz. Já tenho 3 quadros para pôr na sala, falta só que tu marteles os pregos) ouvias atentamente o rádio.

Quatro vezes por semana, fazia o teu comer preferido: feijoada à transmontana.

Depois do jantar, arrumava a cozinha e sentava-me ao teu lado, na minha cova do sofá, a fazer os meus naperons de crochet (agora bordo em ponto cruz).

Naquele dia, (há 2 anos, 5 meses e 18 dias) vim mais cedo para casa.

O resto da feijoada do jantar que comi, ao almoço, na secretária da repartição, caiu-me mal.

Abri a porta da casa, ouvi gargalhadas…

Tu a rir!!!

Fiquei espantada. Tu, sempre tão sério.

E quando espreitei o quarto, estavas com uma mulher os dois nus em cima da colcha de crochet que eu tinha feito para a nossa cama.

Foi uma maçada para mim, ver-te tão atrapalhado, explicando a gaguejar que estavas mal das costas e que a tua colega se ofereceu para te dar uma massagem “Zen”.

Gostei do nome: massagem Zen.

Aproveitei que estavas entretido e, como era dia de feijoada, fui adiantar o jantar. Eu não ia jantar, fazia um cházito, para me aliviar os intestinos.

Não te senti à porta da cozinha, entretida a lavar os feijões.

Disseste-me adeus e mal tive tempo de te responder. Achei estranho saíres àquela hora, de braço dado com a colega Zen. Mas pensei que fizesse parte do tratamento. A maçada toda era a panela da feijoada já pronta e eu mal dos intestinos.

Mais estranho achei não teres voltado nessa noite. Nem nas seguintes…

E todas as noites eu cozinhava feijoada, não fosses tu aparecer de repente, já refeito das costas e não teres o comer pronto.

Há 2 meses que sangro, quando defeco (gosto da palavra defecar).

Quarta-feira passada, sentada à noite na minha cova do sofá, a bordar ponto cruz, tomei coragem de ir ao médico.

E fui…

Hoje voltei lá, para saber os resultados dos exames. Não sei o nome deles, mas sei que não eram exames Zen.

O médico disse-me que eu tinha um cancro nos intestinos e perguntou-me que tipo de alimentação eu fazia.

Eu disse-lhe que comia feijão.

“feijoada à transmontana, senhor doutor”.

Não vá tu voltares, refeito das costas devido às massagens Zen, e não teres o teu comer preferido.

Era uma grande maçada!!!...

publicado por Gabriela às 10:27
link | favorito
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. Caracas - Venezuela

. Amsterdan

. Canal do Panamá ...

. La Paz - Bolívia

. Bogotá ...

. ...

. RIP

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ....

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. R.I.P.

. ...

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Junho 2016

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favoritos

. UM TEMPO QUE NÃO PÁRA...

. ...

. PARA NÓS....

. PARA MIM...PARA MIM...E S...

. PORQUÊ?

. VOLTEI À PRAIA

. VEM...

. ESCUTA-ME

. METAMOFORSE

. SOU TEMPESTADE

.links

blogs SAPO