Segunda-feira, 16 de Julho de 2007

UM RAIO DE SOL EM CADA COCO

Disseste hoje, em surdina,

Que eu estou lá mas não me deixam entrar.

É verdade…

Ando às voltas ao edifício, umas vezes em corrida,

Outras vezes de mansinho

À espera de uma aberta para entrar

Quero estar ao pé de ti…

Não te consigo imaginar sozinha

Num corredor cheio de odores fétidos, gemidos e gritos

Quero fumar contigo

Mergulhar nos teus olhos, dar-te o meu colo

levar-te comigo para além de nós

não é difícil…basta fechares os olhos e deixares-te conduzir

eu dou-te a mão, aquela onde fizemos o pacto de sangue

e que esteve sempre voltada para ti.

vais ver…em menos de nada, eu vou conseguir uma aberta

vou esgueirar-me por uma fresta

levar-te comigo para além das searas do sul,

para além das altas montanhas brancas,

para além das pradarias verdejantes,

um sítio só meu e teu, para além de nós

fica longe…

mas está lá, à nossa espera

é aquela linha do infinito, zero vezes infinito

entrelinha do imaginário, horizonte de azul e verde

mar e céu…não há noite, não há brumas, nem sombras

tem areia, uma palmeira e…

em cada coco um raio de sol

publicado por Gabriela às 16:20
link | comentar | favorito
2 comentários:
De Incógnita a 21 de Julho de 2007 às 16:05
Só para dizer que também venho até aqui... Gostei do texto. Um beijinho.
De Gabriela a 22 de Julho de 2007 às 19:01
Incógnita...é um prazer ver-te por aqui
jinhos***

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. Caracas - Venezuela

. Amsterdan

. Canal do Panamá ...

. La Paz - Bolívia

. Bogotá ...

. ...

. RIP

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ....

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. R.I.P.

. ...

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Junho 2016

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favoritos

. UM TEMPO QUE NÃO PÁRA...

. ...

. PARA NÓS....

. PARA MIM...PARA MIM...E S...

. PORQUÊ?

. VOLTEI À PRAIA

. VEM...

. ESCUTA-ME

. METAMOFORSE

. SOU TEMPESTADE

.links

blogs SAPO