Segunda-feira, 15 de Janeiro de 2007

INTRUSA

Combinámos o encontro, mas agora, meses passados, não me lembro a que horas foi.

Entraste como uma intrusa, invadiste um espaço que não era o teu, que não te pertencia, moldaste a forma a teu belo prazer e a tua presença sufocou-me.

Não te queria ali.

Não queria nunca que tal se encontro se concretizasse.

Queria apagar a tua sombra, o teu rasto, o teu cheiro.

Queria que nada daquilo tivesse acontecido.

A raiva e o arrependimento, faziam-me tremer.

Pudesse eu voltar atrás!

Ir contigo para as dunas, para uma pensão no Intendente, para o banco traseiro do carro, para o raio que te partisse a ti e a mim.

Mas não!

Aceitei-te ali…pior…quis-te ali!!!

Foi uma noite de amor intenso, a minha língua foi arrebatadora, disseste tu, mais tarde, pelo fio negro do telefone.

A tua voz tinha perdido o encanto, tinha-se transformado num timbre metálico, a inocência de rosto e voz de menina era, agora, apenas e só, esgares de raiva e vingança.

Riste de mim ao telefone por faltares aos encontros que marcámos.

E marcas o meu número.

Incessantemente, em demência.

Imaginei-te desgrenhada, sem dentes, pedinte de beatas, enquanto gargalhavas.

O teu escárnio, o teu riso baixo e maléfico, acompanham aquele que, outrora, foi o meu sossego.

Ignoro-te.

Desprezo-te.

Limpo, freneticamente, a mancha amarela que deixámos.

Mas ela teima em não sair

publicado por Gabriela às 11:32
link | favorito
De Anónimo a 16 de Janeiro de 2007 às 10:41
Desculpe...não entendi este conto.
Fez-se passar por homem, ou é uma relação entre duas mulheres?
De Gabriela a 16 de Janeiro de 2007 às 11:52
Desculpe anónimo, que eu saiba, duas mulheres não deixam manchas amarelas!
mas desculpe, novamente...tenho sempre dificuldade em explicar o que escrevo.
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. ...

. Caracas - Venezuela

. Amsterdan

. Canal do Panamá ...

. La Paz - Bolívia

. Bogotá ...

. ...

. RIP

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ....

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. ...

. R.I.P.

. ...

. ...

.arquivos

. Fevereiro 2017

. Junho 2016

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Agosto 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Dezembro 2012

. Julho 2012

. Maio 2012

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.favoritos

. UM TEMPO QUE NÃO PÁRA...

. ...

. PARA NÓS....

. PARA MIM...PARA MIM...E S...

. PORQUÊ?

. VOLTEI À PRAIA

. VEM...

. ESCUTA-ME

. METAMOFORSE

. SOU TEMPESTADE

.links

blogs SAPO